segunda-feira, março 13, 2006

Se eu pudesse gritar...


Foto retirada da internet sem referência ao autor

Se eu pudesse gritar ao mundo
Esse doce segredo, essa magia
Que tem sua pele, seus dedos...
Se eu pudesse dizer quantos
Sonhos coloridos e reais vivemos....
Se eu pudesse tirar esse véu
Que encobre meu rosto...
Desvendar para o mundo esse mistério ...
Dizer desse amor lindo
Nessa doce tenda que nos cobre...
Desse bailado alucinado que nos envolve...
Se eu pudesse dizer das nossas taças
Seledas tantas vezes por mil beijos...
Tanto suor, carícias... saciados desejos...
Dos meus anéis mergulhados em seus cabelos,
Do baton se perdendo, carimbando seu peito...
Dizer do amor endiabrado e santo
Que traz vida, vida mergulhada
Em cores, flores e fragrâcias sutis...
Por certo o mundo extasiado pararia
Para ver passar dois vencedores,
Dois amantes alucinados.. assumidos,
Gritando somos um só no amor nos anseios,
Alucinações, dois corpos que se
Perdem e se encontram
Para serem uma só fonte de energia,
Duas flores de um mesmo jardim...
Olhem, vejam o que pode o amor...
O amor venceu enfim!...

Marilena Trujillo

3 Comments:

Anonymous Fatyly said...

Um belo poema de quem deve amar muito! Gostei muito! Obrigado pela partilha! Beijos

13 março, 2006 13:14  
Blogger wind said...

Belo poema de amor na sua plenitude:) Bela foto. beijocas

13 março, 2006 14:36  
Blogger 365dias said...

muito bom...
uma boa semana
bjs

13 março, 2006 23:29  

Enviar um comentário

Links to this post:

Criar uma hiperligação

<< Home